Uma nova filosofia de marketing

“Marketing de permissão é o privilégio (não o direito) de entregar mensagens antecipadas, pessoais e relevantes para pessoas que realmente querem recebê-las.”

SETH GODIN

Você já deve ter percebido que as coisas mudaram. Com o avanço das tecnologias e a internet, a publicidade e as ações de marketing tomaram outro rumo. Já não somos mais escravos da televisão e dos meios de entretenimento convencionais, hoje temos escolha, nós escolhemos o que vamos consumir, a que horas e em qual formato, seja uma vídeo-aula no youtube, um podcast ou um seriado no Netflix.

Embora essa realidade seja um caminho sem volta ainda encontramos empresas trabalhando em um modelo já ultrapassado de comunicação, baseado em interrupção de entretenimento. Um modelo que mais gera desconforto e irritabilidade do que experiências positivas com público. Mesmo sendo essa uma perspectiva realista e em um caminho próspero, ainda há empresas apostando em um modelo já considerado ultrapassado de comunicação, baseado em interrupção de entretenimento. Um modelo que mais gera desconforto e irritabilidade do que experiências positivas com público.

O novo marketing busca gerar valor para as pessoas, relacionando-se com elas através de conteúdo relevante e útil criando assim um vínculo entre consumidor e empresa. Tudo isso dentro de uma abordagem de permissão e diálogo contínuo. Neste artigo vou esclarecer os principais pontos de cada filosofia de marketing, na seguinte ordem:

  • O marketing tradicional
  • Motivos pelo qual ele está perdendo sua força e ficando para trás
  • O novo consumidor
  • Inbound Marketing
  • A metodologia Inbound

 

O marketing tradicional

A antiga filosofia de marketing era baseada na interrupção do entretenimento do usuário. Por exemplo, quando você olha um filme na TV aberta e no intervalo de cada bloco é inserido um anúncio de alguma empresa, geralmente esse é o momento em que mudamos de canal, vamos no banheiro ou fazemos pipoca.

Essa maneira de fazer marketing não se restringe aos meios tradicionais de mídia, os anúncios de vídeo do Youtube que só podem ser ignorados após 3 segundos (ou mais) causam o mesmo transtorno, interrompem o seu entretenimento e obrigam você a esperar.

Os millennials ou também chamados de geração y (os nascidos entre 1980 e 2000) foram os responsáveis por esse inconformismo com o marketing de interrupção, eles já representam a maior parte da população economicamente ativa. Segundo um estudo realizado pela Social Chorus chamado de “Millenials as Brand Advocates” afirma que 91% deles considera comprar ou contratar um serviço a partir da indicação de um amigo. Essa geração não acredita em publicidade, acredita em experiências positivas e marcas que sejam humanas e que gerem conteúdo de valor para elas, marcas que se engajem em causas sociais e queiram mudar o mundo para melhor.

 

 

Fatores pelos quais o marketing tradicional já não gera o mesmo resultado

Provavelmente você já entendeu o cenário atual e já sabe o porquê da maneira tradicional de fazer marketing já não surte mais o mesmo resultado. Abaixo vou apresentar uma sequência organizada dos principais fatores que causam esse fenômeno:

  • Segundo dado divulgado no SXSW 76% dos consumidores não acreditam em propaganda.
  • As pessoas não gostam de serem interrompidas em seu entretenimento por ofertas.
  • A falta de mensuração de ROI (Retorno sobre o Investimento) através das mídias tradicionais.

 

 

 

O novo consumidor

Falar sobre o consumidor do século 21 sem falar nos Millennials é impossível, a geração das pessoas nascidas a partir de 1980 até os anos 2000, também chamados de geração y, tem um comportamento de compra muito diferente das gerações anteriores. Eles são o tipo de pessoa que chega na loja sabendo mais que o vendedor, dizendo que encontra o mesmo produto mais barato na internet, ganha frete grátis e ainda um desconto para próxima compra. Se você se identificou já sabe de qual time é.

Apesar de termos essa faixa de idade estabelecida dos anos 80 até os anos 2000, isso é muito variável, na verdade o perfil millennial tem mais a ver com mindset (mentalidade, visão de mundo). Então, não podemos nos prender muito a uma janela de idade, precisamos entender como eles pensam e o que eles esperam das empresas.

A realidade é que o poder já não está nas mãos do vendedor que era o especialista sabichão do passado. Os Ys antes de comprar passam por uma jornada de compra onde descobrem um problema e entendem a necessidade de um produto ou serviço para resolvê-lo, pesquisam a fundo na internet através de conteúdos e ainda pedem a indicação de amigos que já usaram aquele produto. Depois de todo esse processo é que de fato ele compra algo.

As empresas inteligentes tem ciência desse processo e interagem com essa pessoa durante todas as fases da jornada através de conteúdos úteis e relevantes. Com isso, geram reciprocidade e garantem uma experiência positiva, fazendo com que o consumidor compre dela.

Este processo inteligente e eficaz de fazer marketing é o que vamos desvendar no próximo tópico.

 

 

A nova filosofia de marketing-05

Inbound Marketing

O conceito de “Marketing de Permissão” foi exposto por Seth Godin no ano de 1999, segundo ele as empresas e corporações não poderiam mais confiar todos os seus esforços em “anúncios de interrupção” como anúncios de revistas e jornal, malas diretas e filmes publicitários em televisão. Como os consumidores recebem um grande fluxo de informação essas táticas tradicionais não chamam mais a atenção do consumidor.

Além disso, o marketing tradicional trabalha com uma mensagem para um público-alvo que geralmente é um grupo de pessoas sem uma dor bem clara. O Inbound segmenta por personalidade, definindo uma “persona” específica com detalhes sobre o comportamento e características, tornando-se muito mais acertivos os esforços de marketing. Com o Inbound vamos a fundo nos sonhos e nas dores das pessoas e assim podemos oferecer uma solução que realmente faça sentido e a ajude. Enquanto o marketing tradicional trabalha com um alvo o Inbound trabalha com uma mira a laser.

O termo “Inbound Marketing” foi cunhado pelo CEO da Hubspot Brian Halligan no ano de 2005, essa metodologia atua totalmente ao inverso do marketing tradicional (Outbound Marketing) que busca levar a mensagem ao consumidor aonde ele está, no Inbound o objetivo é atrair o usuário com conteúdo útil e relevante. Abaixo explico um pouco mais sobre a metodologia.

 

A metodologia inbound

Para entender melhor a metodologia Inbound é mais didático visualizarmos como um processo no qual os usuários avançam por fases. Na imagem abaixo, podemos entender essas fases de transformação, os meios e ferramentas presentes em cada transição.

 

Metodologia Inbound

 

 

Na primeira fase é onde os visitantes são desconhecidos, são pessoas que foram atraídas para seu blog através das mídias sociais ou de buscas no Google onde seu conteúdo está bem posicionado. Esse desconhecido começa a interagir e consumir seus materiais educativos, se cadastra em algum formulário para receber mais atualizações ou landing page para baixar um e-book, com essa ação ele é convertido em um Lead (uma oportunidade de negócio) alguém que está interessado no que você está ensinando.

Esse Lead entrará em um fluxo de nutrição, em que receberá mais conteúdos e materiais, tudo isso sobre a orientação de um funil de vendas que tem o objetivo de converter esse Lead em um Cliente.

A próxima fase para mim é a maior sacada do Inbound, após o Lead se tornar um cliente você o transformará em um Cliente Indicador. Você vai tratá-lo tão bem que ele vai ficar extremamente satisfeito e naturalmente vai indicar a sua empresa para seus amigos e sua rede de contatos. Ou seja, você vai ter um vendedor trabalhando em turno integral, e de graça, para a sua empresa. A metodologia Inbound busca excelência no processo de prospecção e fidelização de clientes gerando assim uma empresa próspera.

O futuro do marketing está no relacionamento e na experiência positiva com os consumidores, cada vez mais as empresas estão migrando a verba das mídias tradicionais para investir em Inbound Marketing, pós-venda, atendimento ao cliente, aumento no índice de qualidade de produtos e serviços. Busque atualizar a sua estratégia de marketing e colha os frutos desse trabalho.

 

[cta id=”369″ vid=”0″]

 

 

 

[inbound_forms id=”302″ name=”Inscreva-se (marketing)”]

 

ALCANCE ALÉM

“O melhor está por vir”.

[sgmb id=2]

 

 

FONTES: Guepardo School Meio e Mensagem Hubspot

Fale comigo
Share This